20 agosto 2009

Falaste-me num estado de alma


Falas-te em solidão.
Uma conversa vulgar, um momento sem enquadramento,
Sem pretensões em que se fala de nós mesmos,
Sem querer saber se os ouvintes estão interessados no diálogo.

- Sinto-me inútil, subestimada….sinto-me só!

O desabafo atingiu-me como um flash agressivo.
Não podias ver a minha expressão, fixei o vazio sem qualquer pensamento!

- Sinto-me só…
O som repetia-se em mim…pouco te disse.
Podia ter falado que esse sentimento está em mim,
Gritante como o grito das gaivotas ao planarem sobre o mar…

Lá sabes como engulo a vontade de começar qualquer discussão sem sentido,
Dizer que sou subestimada, incompreendida.
Gritar como são hipócritas as afirmações racionais dos outros,
Desmascarar os semblantes compostos de fazer de conta…

Patético este anfiteatro da vida!

Sinto-me só, o ser mais solitário do mundo…mas não sou!
Só me sinto só..

Imploro ás forças que se encarregam de gerir estes sentimentos,
Que não prolonguem indefinidamente o buraco negro do desalento.

E que venha uma taça de gelado!

(Para ti rosita)
myspace comments

17 agosto 2009

Pelicula

Quantas vezes já acontecera,
Não sabia explicar!
Não, não era a primeira vez!
Aquela imagem difusa,Como a película de um filme antigo…

Inesperadamente a reminiscência de uma estrada traiçoeira…
Aquela arrepiante curva seguida de uma paisagem selvagem e bela,
Diferente de tudo, linda, perturbadora!

Ali, nada era igual!
Deixava-se encantar pela melodia que pairava no vento…
Como o som da flauta do encantador…

Em silêncio, como uma estranha fugida há muito,
Confundia-se com a paisagem de forma, inequivocamente, despercebida.
A única pessoa existente no Cosmos, indiferente a tudo!
Indiferença…Uma frieza que parecia enfeitiça-la … Seguia a melodia..

Como uma estranha fugida há muito, voltava!

Ficava sentada, submissa, em silêncio,
Esquecida como uma velha tela inacabada, guardada a um canto durante anos…

- Que estaria a fazer naquela velha tela?

Como uma estranha, só um rosto, um vulto indistinto…

Acerca de mim

A minha foto
Portugal
Um mundo de esperança..